quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Quarentena! Pra depois não ter problema...

     Você tem um porquinho da índia, e quer dar a ele a alegria de ter companhia? Você já sabe que não deve ter um casal intacto (não castrado) junto, por estes motivos... e já aprendeu que seu porquinho da índia precisa de um alojamento adequado e de tamanho correto de acordo com a quantidade de porquinhos.

     Ok, ok! Então você é um dono responsável e quer dar a seu porquinho companhia... achou um porquinho da índia para adoção e está indo buscar o porquinho, mas ESPERE! E a quarentena?



 

O que é quarentena?

     Entre outras definições, quarentena é o isolamento de uma pessoa ou animal por um período de incubação de doença, para evitar o contágio de outros indivíduos.

Por que é tão importante?

     Porquinhos da índia são animais predados, e uma das características ligadas a eles é que eles escondem sintomas de doença. Sendo assim, o porquinho da índia que você está adotando, embora não mostre sintomas claros à primeira vista, pode sim estar carregando bactérias causadoras de infecção respiratória ou intestinal, ou mesmo parasitas, como os ácaros causadores da sarna, e transmitir isso ao seu porquinho da índia sadio. Então, como se certificar de que seu porquinho novo está realmente saudável e não transmitirá nenhum problema ao seu outro porquinho, sadio? Quarentena! 

Como funciona a quarentena?

     Não, não se preocupe, não são 40 dias! Você vai precisar manter seu novo porquinho em ambiente totalmente separado do seu outro porquinho por no mínimo 2 semanas (melhor 3 semanas). Ambiente separado significa: outro quarto / sala, preferencialmente fechado por porta, e sempre que tiver contato com um porquinho, lavar muito bem as mãos antes de pegar o outro porquinho. Isso vale também para suas roupas, caso você o pegue no colo ou tenha um contato mais prolongado. Não é exagero! É muito mais fácil cuidar de um porquinho doente do que vários ao mesmo tempo!

     Durante essas 2-3 semanas, você vai observar de perto seu novo porquinho. O que observar? Bem, um porquinho da índia saudável deve... 

Ter o nariz limpo. Não é normal ter o nariz com secreção ou apresentar espirros frequentes (sintomas de infecção); crostas e perda de pêlo podem indicar uma infecção por fungos. 

Ter os olhos límpidos e simétricos. Ter uma secreção leitosa é normal, é um líquido de limpeza. Mas apresentar olhos com crostas, remela, olhos saltados, afundados ou opacos, são todos sintomas de problemas. 

Ter as orelhas relativamente limpas. Crostas nas bordas sugerem infecção por fungos. 

Ter os pés com pele macia e limpa, com unhas de tamanho adequado. Novamente, crostas sugerem infecção por fungos. Inchaço ou ferimentos são sintomas de pododermatite. 

Ter pêlos e pele de aparência saudável. Uma pequena queda de pêlo é normal, mas não pode haver falhas nem casquinhas, que sugerem infecção por fungos, sarna ou piolhos. 

Ter as fezes uniformes e ovais, de cor castanha. Fezes esverdeadas com cheiro mais forte são normais, são cecotrofos, que os porquinhos re-ingerem. Não é normal ter as fezes aglomeradas, amolecidas ou muito pequenas, ressecadas, em forma de gota. Fezes líquidas significam: emergência!!! 

Ter a urina clara a levemente leitosa. Porquinhos jovens podem ter a urina que fica de coloração ferrugem após contato com o ar, isso é normal. Urina levemente leitosa é normal. Mas uma urina que seca deixando cristais de cálcio ou urina com presença de sangue ou mau-cheiro são todos sintomas de problemas que devem ser investigados por seu veterinário de confiança. 
É importante é ter uma balança dessas de cozinha para pesar semanalmente seu porquinho da índia. A perda de peso é um dos primeiros sintomas de doenças! Invista na saúde de seu porquinho da índia.
     Se seu novo porquinho não apresentou sintomas de doença durante o período de quarentena, parabéns! É hora de apresentar seus porquinhos. Leia a matéria "Apresentando um novo porquinho da índia".


Excessões à quarentena

• O novo porquinho aparenta estar saudável, veio de um antigo dono respeitável, já foi tratado com ivermectina para eliminar possíveis ácaros da sarna e piolhos, já estava em "quarentena" no lar anterior (sem contato com outros porquinhos ou animais que possam ter lhe transmitido alguma doença que esteja incubando);

• O seu porquinho antigo perdeu o companheiro e está mostrando sinais de depressão, solidão, está amuado e não está comendo normalmente (neste caso, leve primeiramente ao seu veterinário de exóticos experiente para descartar a possibilidade de que ele esteja doente antes de assumir que ele está depressivo / em luto). Neste caso pode ser vantajoso unir os dois porquinhos, desde que o novo porquinho venha de um lugar confiável, tenha aparência saudável e o dono esteja familiarizado com sintomas de doença e esteja disposto tratar os dois porquinhos se houver necessidade. Em alguns casos, apenas colocar os 2 porquinhos no mesmo ambiente, sem juntá-los efetivamente, já é de ajuda nestes casos (para animar seu porquinho antigo).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...