quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Alimentando seu porquinho da índia com papinhas

Informações Importantes Sobre Alimentação À Mão (Papinha)

      Alimentação à Mão, ou Alimentação Forçada, pode salvar a vida do seu porquinho da índia. Papinhas são essenciais caso seu porquinho da índia esteja doente ou tenha passado por cirurgia. Mesmo em caso de filhotes órfãos, utilize as papinhas conforme explicado abaixo, e não use leite. Nenhum leite ou composto é capaz de substituir o leite materno, e leite de outros animais pode causar problemas gastrointestinais sérios. Porquinhos da índia nascem completamente formados, e se beneficiarão do alimento sólido como um adulto.


 Que tipo de alimento devo usar em papinhas?

    Papinhas feitas com ração são superiores em qualidade às papinhas de vegetais, porque a ração é superior em quantidade de fibras. Fibras são extremamente importantes para o bom funcionamento gastrointestinal dos porquinhos da índia. Vegetais contém menor quantidade de fibras e por isso serão de menor ajuda em manter o intestino funcionando corretamente, podendo até mesmo fermentar, causando gases. Você pode combinar a papinha de ração com suco de fruta sem açúcar, Pedialyte® ou suco de grama de trigo para tornar a papinha mais palatável para seu porquinho. Veja receitas de papinhas mais abaixo.


Qual a quantidade de alimento que meu porquinho precisa?

    Em média, porquinhos precisam diariamente de:


• 6 gramas de alimento seco para cada 100 gramas de peso;
• 10 a 40ml de água para cada 100 gramas de peso.


    Pese seu porquinho. Um porquinho de 1 kg precisará de cerca de 60 gramas de alimento seco e 100 ml de água durante o dia.

    Lembre-se de que pesar seu porquinho semanalmente é muito importante para monitorar sua saúde. Muitos começam a perder peso antes de demonstrar qualquer outro sintoma de doença. Se seu porquinho não está comendo, além de alimentá-lo a mão, pese-o diariamente e mantenha um registro do peso.


Probióticos

    Probióticos são importantes para repor a flora intestinal, especialmente no caso de porquinhos que estejam recebendo tratamento com antibióticos. Todo antibiótico afeta de alguma forma a flora intestinal. 

Que tipo de probiótico utilizar?
• Se você tem mais porquinhos da índia saudáveis, meio "cocô" fresco de um porquinho saudável pode ser utilizado. Esse é o melhor probiótico para seu porquinho. Dilua em algumas gotas de água e forneça essa mistura 1 ou 2 horas após a dose do antibiótico (caso esteja tomando) com ajuda de uma seringa.

• Você pode comprar Probiótico em pasta em pet shops. Normalmente é uma pasta em uma espécie de seringa (como esta). Dê uma porção dessa pasta 1 ou 2 horas após a dose do antibiótico (caso esteja tomando).

• Em supermercados, há uma mistura para confecção de iogurtes (BioRich®). É um fermento lácteo para preparo de iogurte natural, que contém acidófilos. O pacote contém pequenos pacotes com 400mg de pó. Separe o conteúdo de cada envelope em 4 partes (100gr) e misture esse pó à papinha de ração. Forneça 1 ou 2 horas após a dose de antibiótico (caso esteja tomando).

Iogurte ou leite fermentado não devem ser utilizados! Embora contenham acidófilos, são produtos à base de leite. Lembre-se de que porquinhos são estritamente herbívoros. O leite pode prejudicar ainda mais o bom funcionamento gastrointestinal.

     Probióticos são muito importantes para porquinhos em tratamento com antibiótico, mas também são importantes para qualquer porquinho que não esteja se alimentando corretamente. Nestes casos, o probiótico pode ser dado junto com cada papinha.




Receitas de Papinha

○ Receita 1

- 2 colheres de ração própria para porquinhos (Nutricobaia, Pet Valle, Funny Bunny)
- 3 colheres de sementes de anis (erva-doce)
- 4 colheres de gérmen de trigo não-tostado (veja a seção de cereais de seu supermercado)
-  100 gr de probiótico (BioRich® em pó ou pasta de Probiótico).
Usando um moedor, triture a ração e as sementes de anis. Adicione o gérmen de trigo e o probiótico. Misture e triture novamente. Coloque essa mistura em um saquinho bem fechado e mantenha em geladeira até o uso.
(Caso não tenha um moedor / triturador, pode retirar as sementes de anis da receita.)
Para utilizar, misture uma pequena quantidade de água morna, ou suco de frutas sem açúcar, ou suco de grama de trigo, ou Pedialyte.
(Receita de Sef, em Guinea Lynx Forums)



○ Receita 2

- 1 colher de ração própria para porquinhos (Nutricobaia, Pet Valle, Funny Bunny)
- 1 colher de abóbora cozida e amassada (faça um purê, cozinhando apenas em água e amassando bem depois do cozimento)
- 1 colher de cenoura cozida (faça um purê, cozinhando apenas em água e amassando bem depois do cozimento)
- 1 ou 2 colheres de gérmen de trigo
Triture a ração usando um moedor / triturador de alimentos. Se não tiver, você pode colocar a ração por alguns segundos em água bem quente para amolecer, e então, amasse. Junte os demais ingredientes. Mantenha refrigerado até o uso. Pode acrescentar probiótico, caso deseje. Para utilizar, misture uma pequena quantidade de água morna, ou suco de frutas sem açúcar, ou suco de grama de trigo, ou Pedialyte.
(Receita de Charybdis, em Guinea Lynx Forums)

Mãos à Obra!

Quanto de papinha devo dar a cada sessão?
    Provavelmente seu porquinho irá aceitar cerca de 20 a 25 gramas de papinha por vez, além de um pouco de água. Você pode acrescentar vitamina C na água se desejar. Porquinhos adoentados necessitam de mais vitamina C.

Quantas vezes por dia devo dar a papinha?
    Você deverá alimentá-lo várias vezes ao dia (4 a 6 vezes ou até mais). O sistema gastrointestinal de seu porquinho precisa trabalhar continuamente. Mas lembre-se de que seu objetivo é fazer com que, aos poucos, seu porquinho retome a rotina de se alimentar sozinho. Por isso, além da papinha, sempre ofereça ração, feno, capim, legumes e verduras. Muitos porquinhos que não estão se alimentando sozinhos se animam a comer com capim ou capim de trigo!

Como faço para dar a papinha a ele?
    Uma boa maneira é dar a papinha usando seringas de 1 ml (seringa de insulina / tuberculina sem agulha). A papinha deverá ser firme como um purê; então para dar a papinha, é necessário cortar a ponta da seringa, de modo que ela se tornará uma espécie de tubo. (veja fotos abaixo). Segure o porquinho no colo ou sobre uma superfície firme. Alguns irão aceitar facilmente a papinha; outros precisam ser segurados de maneira firme para que você consiga dar a papinha, e se sentirão mais seguros enrolados em um pano.

     Veja o vídeo explicativo:





Passo a passo em fotos:

1- Prepare a papinha usando uma das receitas acima ou faça uma receita similar. A consistência deve ser firme como uma pasta firme, um purê, e não líquida como uma sopa.



2- Você pode utilizar uma seringa de 10 ml para ajudar a aspirar essa pasta e colocar em seringas menores, de 1 ml, que serão utilizadas para dar a papinha ao porquinho. Corte um pouco da ponta da seringa de 10ml para que o diâmetro fique maior; as seringas de 1ml devem ter o bico totalmente cortados para se tornarem um tubo.

Retire o êmbolo da seringa de 10ml:



Coloque papinha dentro da seringa, recoloque o êmbolo e empurre para dentro das seringas de 1ml (transformadas em pequenos tubos para alimentação). Dependendo da consistência da papinha, você pode tentar puxar diretamente com a seringa/tubo de 1ml.



Você pode preparar uma quantidade de papinha e encher vários "tubinhos". Note as seringas de 1 ml com a ponta cortada.



Mantenha em um pote fechado em geladeira até o uso.

 3- Na hora de utilizar a papinha, esquente levemente usando banho-maria, para que a papinha fique morna.



Você pode fazer isso colocando água quente em um pote, tampar e colocar os tubinhos com a papinha em cima do pote, deixando por alguns minutos antes de dar ao porquinho.

4- Dê a papinha aos poucos. Se seu porquinho não aceitar prontamente a seringa e você precisar segurá-lo para isso, posicione a seringa de modo que ela entre na boquinha de lado, por trás dos dentes incisivos. Injete aos poucos a papinha. Ele fará um movimento de mastigação. Pare de injetar se o porquinho parar de mastigar. Seja paciente.

(Fotos gentilmente cedidas por TexCavy. Inicialmente postado no Guinea Lynx Forums.)


     Jamais vire seu porquinho de barriga pra cima para dar qualquer alimento! O risco de asfixia é grande.

Dica: Uma seringa para alimentação de pássaros (como esta) pode ser extremamente útil no caso de seu porquinho da índia precisar de papinha. Se ele for cooperador, você poderá alimentá-lo diretamente da seringa; senão, pode usá-la no lugar da seringa de 10ml para encher seringas menores, com a vantagem de que ela não possui borracha, por isso não estraga com o uso constante, além de ter uma trava de segurança, facilitando calcular a quantidade expelida de cada vez.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...